HomeCANAISADVBlogGanha-ganha x perde-perde no mundo do WhatsApp

Ganha-ganha x perde-perde no mundo do WhatsApp

BV_30_Ganha-ganha VS perde-perde no mundo do WhatsApp

Por talvez 72 horas, uma ordem judicial cortou o barato de meio Brasil digital. A Anatel, agência do setor de telecomunicações, posando bonito na fita, parafraseou Cazuza: exagerado.
Muito exagerado, mas enquanto o Face, dono do aplicativo, não conseguir uma liminar que suspenda a ordem, vale a lei. Pode ser muito ruim, no caso, mas é muito bom no ordenamento social. Lembra do Dura Lex Sed Lex?
O WhatsApp está fora do ar. Ele e mais muitos milhões de usuários que o utilizam de sol a sol e de lua a lua para conversar, interagir, trocar informações, fazer negócios.
McLuhan, o sábio que entendia da aldeia global antes mesmo dela ser a realidade que é hoje, disse que o meio é a mensagem.
O Zap zap é a mensagem.
No mundo dos negócios, e por extensão em todas as interações humanas, comunicação é uma necessidade quase tão vital quanto oxigênio. Não dá pra ficar sem respirar. Nem ficar sem contato pessoal ou virtual.
Os meios digitais e físicos já estão integrados há algum tempo e em muitos negócios coexistem e se reforçam. É muito prático e igualmente vantajoso fazer negócios através da rede.
Num click, o produto é fotografado, num zap é comercializado.
A rede abrevia tempo e distância, agrega valor e cria negócios ganha-ganha. Ganha o vendedor, ganha o comprador, ganha o arrecadador de impostos, ganha a sociedade.
Ganha- ganha é um modelo moderno e inteligente de negócio. Seu oposto não é modelo ganha-perde, onde só uma das partes se dá bem. O oposto é o modelo perde-perde, onde o bom senso passa longe e nada, absolutamente nada é construído. Não é moderno, nem inteligente.

Libera o WhatsApp!

Por Alfredo Duarte

RELATED ARTICLES
spot_img
spot_img
spot_img